Últimas Postagens

8 de outubro de 2015

O amor salva também.






O problema é que a gente já foi machucada. Tivemos o coração partido em milhares de pedaços. A gente foi ferida, queimada, quebrada. A gente lutou por quem não merecia, chorou por quem não poderia levar uma lágrima se quer. 

A gente foi tão destruído que acreditar que algo pode dar certo chega a assustar. A gente tem medo de amar. Entregar o coração inteiro e receber os pedaços. A gente cansa de ser fênix e ressurgir das cinzas. A gente quer ser estrela e brilhar no infinito céu azul. 


Não pedimos nada mais que reciprocidade no que sentimos, nem mais, nem menos. De igual para igual. Na mesma proporção, intensidade e força. Não queremos a perfeição, queremos a sinceridade. 

Não queremos só da nossa maneira, queremos tudo ou nada, chega de meio termo, de entrelinhas. 

Queremos a serenidade e tranquilidade do amor. 

Porque de tanto ser quebrado a gente cansa de lutar, de acreditar. O amor pode te ferrar, em várias formas, em tantas vezes incontáveis, mas o amor salva também.



- Mai Passos G.                                                                  

Nenhum comentário:

Postar um comentário