Últimas Postagens

28 de outubro de 2015

Dia Três


Dia Três
Sempre há uma fagulha. Uma pequena chama que pode mudar tudo dentro de você. Hoje tive o privilégio de sair com minha irmã. Passeamos, comemos em uma padaria super legal, e pela primeira vez desde que comecei a tomar os remédios, eu não me senti sozinha, senti uma pequena chama ascendendo dentro.

Às vezes, estar sozinho não ter ninguém do seu lado, mas sim um estado de espirito. O meu estado era esse. Era de estar sozinha e caindo em queda livre sem paraquedas, sem saber exatamente onde cairia. Então por um momento eu pude sentir esse calorzinho aquecendo tudo, as risadas, as besteiras e as confissões. A compreensão de que não preciso me sentir só, pois, há várias pessoas aqui por mim.

Eu só preciso aprender a lidar com essa bola de sentimentos, arranjar uma maneira de pôr tudo pra fora, pouco a pouco. Esquecer o que fizeram se ruim e tentar deixar apenas as coisas boas fazerem parte de mim.


É um começo, um caminho. É uma caminhada longa, mas, a gente pode conseguir.

- Mai Passos G

Nenhum comentário:

Postar um comentário